terça-feira, 30 de março de 2010

Garota Perdida

(Continuação de Garota Veneno e Garota Problema)


- Ei, vocês. Saiam já daí, eu vou chamar a policia. – Escutei a voz rouca do Sr Berry gritar.

Olhei assustada para Erick procurando por ajuda, mas ele só me fitou do mesmo modo como eu estava fazendo. Ótimo. Então, eu que vou ter que tirar a gente dessa. Tudo bem.

- Vem. – sussurrei, para o Sr Berry não escutar, mas o Erick não se moveu. Ele estava em choque. Só me faltava essa.

- Vem Erick. – falei um pouco mais alto e puxei-o, isso pareceu tirá-lo do transe. Ele passou o braço pela minha cintura, e me puxou para fora da piscina.

Passamos correndo pelo jardim absurdamente lindo, mas não deu tempo de admirá-lo porque o velho senhor Berry estava vindo atrás de nós. Que inferno!

Escalamos o muro pela segunda vez naquela noite. E do mesmo jeito que da outra vez foi sem a menor dificuldade.

Fomos correndo em direção ao meu carro ainda seminus, ou pelo menos eu ainda estava seminua, Erick continuava com as calças dele.

Entramos no carro, girei a chave e pisei o mais forte que pude no acelerador. As paisagens passavam borradas por nós, deixando a linda casa dos Berry para trás.

De repente Erick começou a rir. Olhei-o incrédula, ele estava ficando maluco, essa era a única explicação.

- O que foi? – Perguntei voltando a olhar a estrada.

- Você tinha razão. – disse ele, sorrindo e acariciando os meus cabelos molhados.

- Como?

- Você tinha razão, – repetiu ele mais uma vez – tudo o que é perigoso ou proibido é mais divertido.

Olhei no fundo daqueles olhos azuis e sorri, eu me sentia tão bem e calma quando estava com ele. Não era mais Alisson, a rainha do gelo, eu era só Alisson, a garota normal. E isso me apavorava.

- Eu gosto e você, Ali. – Senti arrepios percorrerem a minha pele com o uso do meu nome abreviado dessa maneira, não senti coragem nem vontade de falar para ele não usar apelidos, para ser sincera, eu tinha gostado.

- Eu... eu também gosto de você Erick. – sussurrei, um som quase inaudível, mas parece que ele escutou porque alguns segundos depois senti a mão dele segurando a minha e fazendo um carinho gostoso.

Depois de muito discutirmos para onde ir, resolvemos comer uma pizza, acabando a noite de uma forma mais simples, sem fortes emoções, ou era assim que era para ser.

Vestimo-nos e saímos do carro, fomos em direção a casa onde tinha o letreiro Pizzaria Mamma Mia. Eu sei, brega. Mas acredite ou não eles fazem a melhor pizza do mundo. Sentamos em uma mesa arejada, escolhemos rápido a pizza, logo o silencio imperava no lugar, mas eu já tinha uma noção do que fazer.

- Bem... – Comecei, Erick fez um aceno com a cabeça em sinal de que eu podia continuar. – você disse que sabe coisas sobre mim, mas eu não sei nada sobre você. – olhei-o com a minha melhor expressão pidona.

- Bom... – começou ele e sorriu. – Eu tenho 17 anos, nasci na Califórnia, mas me mudei para Londres ainda bebê, depois me mudei para NY onde vivi até faz pouco tempo, mas agora estou aqui de novo. Pronto. – Ele sorriu mais uma vez, fazendo covinhas nascerem no canto da sua boca.

- E.. o que você sabe sobre mim?

- Sei que você é Alisson Hills, mas para mim é só Ali, sei que você tem 16 anos e está no segundo ano. Sei que é a rainha do colégio, e também sei que é a garota mais linda que eu conheci em toda a minha vida.

Senti minhas bochechas pegarem fogo e preferi mudar de assunto.

- Quantas vezes já namorou Ronalds?

Ele mordeu o lábio parecendo conter o riso.

- Só uma, mas foram quatro anos de namoro. – Uau! Eu nunca tive um namoro que durasse tanto, no máximo três meses, e isso quando eu não me cansasse do cara antes. – E você Hills? – perguntou ele.

- Bem, o que eu tive não pode ser chamado de namoros mesmo, eram no máximo três meses, e na maioria das vezes, eu não sentia nada demais – assim que disse isso dei de ombros, dando uma mordida na pizza que já tinha chegado.

- Posso te perguntar uma coisa, Ali? Pode ser sincera com isso?

- Claro. – respondi. Meu coração batia forte no peito de nervosismo pela pergunta que ele faria.

- Você já se apaixonou, Ali? – Ok! Eu realmente não devia ter deixado ele fazer a pergunta.

- Bem, eu acho – engoli em seco – acho que só uma vez, mas eu era muito criança e ele não gostava de mim. – Balancei a cabeça tentando reprimir as memórias.

Erick me olhou com pena e eu detestava isso.

- Mas tudo bem sabe, já faz muito tempo, e sério, eu não quero falar sobre isso.

- Você sempre pode falar comigo sobre tudo Ali. – Ele colocou sua mão sobre a minha, em sinal de apoio.

Meu coração bateu forte no peito, seu toque causava ondas elétricas por todo o meu corpo. Isso não podia estar acontecendo, eu reconhecia esses sintomas, e isso decididamente não está acontecendo. Eu estou...me apaixonando?

Levantei-me abruptamente da cadeira indo em direção ao carro.

Erick veio correndo atrás de mim chamando meu nome. Desculpe por isso, Erick. Desculpe por tudo.

Quando eu estava prestes a abrir a porta. Ele segurou forte os meus ombros e fez-me virar para ele.

- O que foi, Ali? – perguntou ele me olhando confuso

- Desculpe Erick. Eu não posso mais, eu estou sentindo coisas que não eram para serem sentidas, eu não posso ficar aqui com você.

- O que? O que você está sentindo?

- Eu acho que estou me apaixonando por você. – Disse isso com todo o pesar que pude, mas não pareceu a mesma coisa para o Erick. Ele abriu um sorriso enorme.

- E eu por você.

Erick segurou minha cintura e puxou-me para mais perto dele, colando nossas bocas, sua língua procurava pela minha com urgência, seus lábios macios e duros ao mesmo tempo contra os meus, sua mão fazendo carinho na minha cintura. Tudo isso parecia tão real, tão especial. Eu não queria parar, mas tinha que fazê-lo.

- Eu não posso Erick.

- Porque? – perguntou ele mais uma vez. Com seus olhos azuis lindos suplicantes.

- Eu tenho medo. Medo de não dar certo. Medo de perder você.

Ele sorriu.

- Vamos deixar que o tempo decida isso, tudo bem? – Dizendo isso ele voltou a encaixar sua boca na minha, e dessa vez eu não iria pará-lo, não tinha motivos pra fazer isso. Sentia-me quente e fria ao mesmo tempo. Um dos efeitos de Erick em mim.

Fitei mais uma vez seus olhos azuis gelo, eu queria me afogar neles, deixar que eles me levassem para sempre. Acho que finalmente a rainha do gelo achou o fogo.


Oi meus amores! Aqui estou eu mais uma vez com a ultima parte de Garota Veneno *cry* espero que gostem! E desculpem pela demora, a vida aqui está muito corrida. Vou sentir saudades de escrever essa história. Garota Veneno foi um conto baseado na musica 'Menina Veneno' pra quem queria saber de onde vinha a inspiração. Vou pedir uma coisinha pra vocês, sempre comentem o que estão achando ok? Mesmo que estejam odiando. Gosto sempre de saber o que vocês acham pra poder sempre melhorar.

Beijinhos sabor de Hortelã.

Ray.

23 comentários:

  1. Que final com gosto de quero mais!!!
    [E eu quero mais *-*

    Ficou muito show!!!



    Bejãoooo ;*

    ResponderExcluir
  2. E no fim tudo deu certo.
    Sim, Rayssa consegue atingir a perfeição.
    Sabe que eu adorei né?!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. AIN!!! Eu queria mais...uahsuahsa
    Mas ficou tão lindo!!!
    Adorei muito muito (!!!) +8 :)

    bjão =^.^=

    ResponderExcluir
  4. ADOREI! *-*

    Super lindo o seu blog também! Vou voltar mais vezes :}

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito!
    Mesmo, mesmo mesmo.
    Vc escreve mto bem ;)

    ResponderExcluir
  6. aaaah que lindooo *o*
    amei , amei :)

    ResponderExcluir
  7. AAH, amei *-* Precisas escrever mais histórias! :)

    ResponderExcluir
  8. nossssa amei, vou segui pra acompanha sempre! :*

    ResponderExcluir
  9. demaaaiis!the final perfect!
    ps:não me deixa no vácuo não!escreve mais vezes!suas histórias fazem falta(:

    ResponderExcluir
  10. OMG! =O
    o final foi simplesmente... perfeito *--*
    sério rah, como tu consegue fazer isso com as palavras, combina-las de uma forma envolvente, divertida e linda!
    Parabéens amow ♥

    ResponderExcluir
  11. Hey você é fã de Mclfy? Então vai querer virar parte desse grupo e ser uma Mcfã. Sim o blog mais fã de Mcfly:

    http://mcfaneusou.blogspot.com

    É só entrar e nos seguir, seu blog fica famoso, nos vamos falar do seu blog no nosso.
    Eu sou uma Mcfã está em todas as partes até nos show do Mcfly, o melhro blog comedia do Mcfly. Gostou? Que ter um blog famoso? Venha e nos siga.

    Mcbeijos.

    Essa propaganda tem direitos autorais ao blog: Eu sou uma Mcfã

    ResponderExcluir
  12. eu acho que a garota veneno tinha que ter tido alguma decepção amorosa, tipo... ela sempre esnoba os garotos, entao acho que ela deveria ser esnobada uma só vez, e depois ver que o amor realmente vale a pena. :)
    mas eu adorei ! você escreve muito bem rayyxxx
    beijos :*

    ResponderExcluir
  13. Olá,

    te seguia no antigo blog , com o novo agora , volto a dizer flõr , blog perfeito , muito lindo , super criativo e tudo a ver com assuntos vividos por nós ,e que pensamos .

    Acompanhando sempre .

    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  14. Quer um selinho???
    Então se quiser pega lá no blog porq te indiquei.


    Mil beijos.

    ResponderExcluir
  15. li os três, ficou muito bom MEEESMO *-*
    criatividadee heein ;D
    se quizer, dá uma olhadinha no meu blog lá. to começamdo ainda, mas...

    beeijos.

    ResponderExcluir
  16. li todos os tres, e sinceramente amei! voce escreve mtmtmt bem :) achei aqui um doce! beijos

    ResponderExcluir
  17. ameiii muitooo lindooo..perfeitoo.visite o meu blog estou começando agora...bjuss

    ResponderExcluir
  18. amorè....
    Sendo sincera, sincera mesmo???
    Sinceridade pode doer, mas tenho que te dizer...
    aiai, lá vai:
    essa história é o bicho!!!!!!!!!!!!!!!!!
    mané, muito boa.
    parabéns! Sucesso de audiencia.
    Mas sendo bem sincera, pensei que ela iria se ferrar, ele iria ser o rei do gelo, e ela seria o desfio dele...
    mas o final foi feliz.

    ResponderExcluir
  19. nussa mto perfeita essa história,sua criatividade nota 10!!O visita meo blog,comecei agora..e tou precisando de umas dicas legais pro meo blog, se puder dar uma dicas,agradeço desde já.
    Bjoo

    ResponderExcluir
  20. eu amei d++++++++++++++ quero mais esse final me deixo com um gostinho de quero++++++++++++amei d+
    bjs

    ResponderExcluir
  21. nos 2 primeiros tem umas partes que lembra Diário dos Vampiros - O Despertar, tipo o cara novo, a rainha de gelo, a amiga de caixos ruivos e ele estar de costar na secretária... mas adorei mesmo assim pq eu amo a série The Vampire Diaries

    ResponderExcluir